PRECISO DE VOCÊ


Filipe Otavio

Tantas vezes eu tentei mudar
Acertar de vez em não mais errar
O caminho certo Ele me mostrou
Percebi que algo estava errado e ele consertou

Encontrei o caminho certo
Resolvi mudar minha vida, eu confesso
Hoje vivo longe do medo e do terror
Longe das garras do inimigo, Jesus Cristo é o meu Senhor

Eu preciso de Você
Sem Você eu não sou ninguém
Eu preciso ouvir Tua voz
Preciso de Você

MAIS UM DIA


Filipe Otavio

Eu acordei não foi fácil pra eu estar aqui
Tive que fazer escolhas, e quase eu não consegui
Tive que calar, tive que escutar, a vida não é fácil
É difícil ser bom, eu não sou bom
Essa é a realidade

Mais um dia se passou, não sei como cheguei aqui
Foi um dia tão louco, tão difícil, ruim de se engolir
Vieram todos de frente pra tentar me combater
Podem insistir, mas eu sei que vou vencer

Pois Jesus está comigo neste caminho
E eu sei que vou vencer
E na vida vou seguindo o meu destino
Caminhando até você

Podem tentar me impedir
Podem vir me combater
Se eu cheguei até aqui
Foi porque eu estive com você
Podem me fazer cair
Podem até me vender
Mais um dia estou aqui
Me entregando a você

REDENÇÃO


Matheus Maia

Já não há condenação
Tua justiça permanece entre nós
O vento sopra aonde quer
No silêncio posso ouvir a Tua voz

Dizendo: Vem, o Teu Mestre te chamou
O preço foi pago, o véu se rasgou


Redenção!
Livre estou pelo Sangue vertido lá na cruz!
Salvação!
Vida eterna em Cristo Jesus encontrei!

Pela fé no Unigênito
Com a espada do Espírito em minhas mãos
Legiões não podem resistir
Ao Nome Santo do Deus Trino, o grande EU-SOU

A lei do pecado e da morte findou
A Pedra Angular sobre o inferno triunfou

Onde está a tua vitória?
Onde está o teu aguilhão?
Tragada a morte em meio à guerra
O Libertador, o Filho de Deus!

A VERDADE



Matheus Maia

Neste caminho obscuro e letal
Seus olhos não conseguem ver
Enclausurado em um mundo sem paz
Laços de engano em seu ser

Até quando será assim assim?
Você não quer mais entender?
Se o seu tormento terá fim?
Isto depende de você


Eu sou a Verdade, a Resposta pra você!
Não há outro escape, não há tempo a perder!

Neste abismo cheio de ilusões
Seu ego quer te corromper
Sua alma ferida já não sente mais
Escravo do seu proceder

Sua dor ecoou num lamento de assolação
Minhas mãos estendidas estão, prontas pra te socorrer

FÚRIA


Filipe Otavio

Arde uma chama no coração
A fúria renasce sobre a escuridão
O fim se aproxima contra você
Reflexo dos seus erros
Não há como se esconder
(Não, Nâo, Não, Não!)

O caos de torna normal nesse mundo desigual
Almas tomadas, vencidas, dominadas pelo mal.
Erros e erros não se podem mais se conter
O sangue foi derramado agora é só pagar pra ver
(Não, não, não, não!)

Não! Não se pode viver assim! Não
Não! Essa vida é tão ruim! Não!
Não! Está chegando o teu fim! Não!
Não! Eu não quero te destruir! Não!

O RICO E O MENDIGO


Filipe Otavio

Às vezes sinto algo estranho em mim
Algo querendo me amedrontar
Sinto-me como não estivesse aqui
Pra onde fui? Não quero nem pensar mais, não mais!

O fogo e as chamas me consomem aqui
Anjos gritando vêm me acompanhar
Ouço gemidos, penso que é o fim
Descubro que isso tudo não vai acabar mais, nunca mais!

Não quero viver assim, não quero esse lugar
Eu quero sair daqui, eu quero mesmo voltar
Não quero viver assim! Eu quero sair daqui!
Não quero viver assim, não quero esse lugar!

To hell, você pôde escolher
To hell, não adianta se esconder
To hell, você nunca acreditou
To hell, veja só onde chegou

Às vezes sinto algo estranho em mim
Algo querendo me arrebatar
Sinto-me como não estivesse aqui
Pra onde fui? Não quero mais voltar pra trás não!

O amor e os sonhos me envolvem aqui
Anjos voando vem me acompanhar
Ouço a música vindo pra mim
Descubro que isso tudo não vai acabar mais, nunca mais!

Não quero sair daqui, eu quero esse lugar
Não quero sair daqui, não quero mesmo voltar
Eu quero viver assim! Não quero sair daqui!
Eu quero viver assim, Eu quero esse lugar!

Pro céu, você pôde escolher
Pro céu, não precisa se esconder
Pro céu, você sempre acreditou
Pro céu, veja só onde chegou

NÃO VIVA ASSIM


Bruno Souza, Filipe Otavio, Glaycon Weslley, Nathan Cristhiano e Paulo Henrique

Existem pessoas que só sabem julgar
Existem pessoas que só sabem acusar
Pessoas querendo apenas comandar
Mas nem se quer sabem liderar

Quanto a você não queira viver assim
Não viva só de palavras
Pois a trajetória da sua vida não será feliz

Então comece a agir, não queira viver assim
Viver como pessoas que cavam o próprio fim
Olhe para si mesmo, e aprenda a viver
Entregue-se a Deus, pois ele está esperando você

Existem pessoas que só sabem julgar
Existem pessoas que só sabem odiar
Pessoas querendo viver só pra falar
Mas nem se quer sabem escutar

Quanto a você não queira viver assim
Não viva só de palavras
Mas viva também de atitudes corretas em Deus



A banda foi formada em meados de 2006, na cidade de Contagem – MG. Em quase oito anos de existência, o som da banda foi se amadurecendo diante das mudanças de sua formação, que atualmente conta com Matheus Maia (Vocal e Guitarra), Jairo Rafael (Bateria e Back) e Filipe Otavio (Guitarra e Back).


O Seiva Bruta traz em seus shows diversos climas e expectativas ao público, isso se deve às temáticas de suas letras, que envolvem política, cristianismo, natureza e situações do cotidiano. Unido a isto, o som que a banda faz é baseado em elementos e estilos provenientes do “Rock and Roll”, como o “Hard Rock”, “Heavy Metal” e “Rock Brasileiro”, que vai de músicas mais introspectivas, com ritmos mais lentos e suaves, a levadas mais rápidas e fortes. Tais músicas são em maior parte de autoria própria, mas também é colocado junto ao repertório músicas covers, de bandas consagradas, para que durante as apresentações haja uma maior interação com o público.


Durante a sua história, a banda já tocou em diversos festivais, eventos, casas de show, igreja, etc., onde conseguiu adquirir uma boa experiência de mercado. No final de 2010, foi iniciado um processo de pré-produção do que viria a ser o primeiro álbum de estúdio da banda. Intitulado “Vale das Sombras”, este álbum foi lançado de forma independente em CD no segundo semestre de 2013. Atualmente a banda está fazendo shows para a divulgação do álbum e paralelamente trabalhando em novas músicas para em breve fazer o lançamento de um material novo.

VALE DAS SOMBRAS (2013)

  • 05/02
    Contagem - MG
    Motoculto Águias de Cristo
    03/05
    Vespasiano - MG
    16/05
    Belo Horizonte - MG
    Teatro da Assembléia


Nome:
E-mail:
Mensagem:

SEIVA BRUTA © Copyright 2013 - Todos os direitos reservados